Instalando o PHP 5.6 no Ubuntu 16.04 (Xenial)

Lembrando que é necessário estar como super usuário para conseguir realizar as ações abaixo.

sudo su

Depois adicionar a dependência do PHP 5.6 e atualizar a lista de pacotes:

add-apt-repository ppa:ondrej/php
apt-get -y update

Então instalamos o Apache e MariaDB (esqueça o MySQL)

apt-get install -y apache2
apt-get install -y mariadb-server mariadb-client

Nesse ponto precisamos startar o MySQL

service mysql start
mysql_secure_installation

Então instalamos o PHP 5.6 e alguns pacotes essenciais:

apt-get install -y php5.6
apt-get install -y php5.6-mcrypt php5.6-mbstring php5.6-cli php5.6-mysql php5.6-gd php5.6-curl php5.6-intl php5.6-xsl php5.6-zip php5.6-soap
apt-get install -y curl libcurl3 libcurl3-dev

Vamos instalar também o PHPMyAdmin para facilitar nossa vida.

 apt-get install -y phpmyadmin 

Após isso realizamos algumas configurações básicas como habilitar o rewrite necessário para a URL amigável e o mCrypt, uma biblioteca que adiciona segurança (utilizado pelo Magento).

a2enmod rewrite
phpenmod mcrypt

E por fim reiniciamos o apache:

service apache2 restart

Fim.

Problema com banco de dados WordPress utf8mb4 e utf8

Se você assim como eu teve problemas quando foi publicar um site em WordPress e o servidor que você tinha que instalar não aceitava o novo utf8mb4, então acalme-se.

Esqueça tudo que você leu antes de chegar aqui, ou se esse foi seu primeiro artigo sobre esse problema, fique feliz, vou salvar sua vida.

Quando eu digo esqueça tudo, estou falando de soluções que envolvem comandos no MySQL ou um código PHP que vai converter as coisas.

Tem soluções pior ainda que te mandam pegar o arquivo exportado e sair substituindo alguns termos.

O caminho não é por aí, isso é gambiarra!

Existe uma solução bem mais profissional e envolve o uso de um plugin.

Isso mesmo, um plugin de WordPress que vai te salvar.

Nome dele: WP Migrate DB

Após instalar, acesse sua aba em Ferramentas > Migrar Banco de Dados

É interessante informar duas coisa a serem substituídas:

  1. O link do blog antigo e o link novo.
    Normalmente quando estamos desenvolvendo ele fica com nosso IP, normalmente http://127.0.0.1/www.meublog.com.br que será substituído pelo endereço oficial do blog.
  2. O endereço físico da pasta.
    Isso é mais por garantia, nem sempre é necessário, mas é melhor prevenir do que remediar. Então caso você utilize Windows e esteja publicando o blog em um linux, você vai substituir aquele D:/www/www.meublog.com.br pelo endereço físico do servidor linux, que normalmente é /var/www/ ou /public_html/ depende da sua hospedagem.

Finalizando isso você recebe um arquivo SQL que será importado na nova hospedagem.

Só isso, sem nada complicado e de forma profissional.

Deixe que o plugin se preocupa em arrumar as coisas pra você.